Câmbio de importação

Esta seção de nosso site foi criada especialmente para você importador. Iremos mostrar para você como é fácil fazer um câmbio de importação para realizar qualquer tipo de pagamento no exterior,  seja a importação de um produto, uma matéria prima ou até vinhos!

containers_sendo_importados_com_pagament
 
Importância do câmbio na importação

Todas as pessoas e empresas que desejam realizar a importação de matérias primas, componentes, produtos ou até serviços precisam estar atentas às diversas normas e procedimentos aplicáveis às importações brasileiras.
Outro fator determinante para o sucesso de uma importação é o profundo conhecimento sobre as formas de transferir dinheiro entre países. Somente assim o importador poderá escolher a alternativa mais eficiente para a realização do câmbio de importação.

 
US%20Currency%20%24100%2C%20%2420%2C%20%245%2C%20%241%20denominations%20flat%20lay%20on%20wood%20bac

Como funciona o câmbio na importação?

Aqui você encontra tudo que precisa saber sobre câmbio para importação de uma forma fácil de entender.

  1. O Valor estratégico do câmbio

  2. Documentos necessários para o câmbio de importação

  3. Modalidades de pagamento

  4. Formas de pagamento

  5. Custos de um câmbio de importação

  6. Contrato de câmbio e comprovante SWIFT

 
O valor estratégico do câmbio

Ao dar o primeiro passo para realizar uma importação de um produto ou serviço já vemos a importância do câmbio. Em geral as mercadorias e serviços são negociadas entre países em moedas mais utilizadas mundialmente como o dólar americano ou o euro.
Desta maneira vemos que ele é um dos mais importantes fatores de custo neste tipo de operação.
Por mais que a maior parte dos fatores que afetam as taxas de câmbio das moedas esteja fora do controle de pessoas e até de bancos centrais, existe uma parcela deste componente que pode ser negociada e nós vamos te ensinar isto hoje!

Documentos necessários para
o câmbio de importação

Para que você possa realizar uma importação, você ou sua empresa precisam estar habilitados no Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior) para a importação de bens, produtos, matérias primas, alimentos, etc. A partir do registro nestes sistemas o importador estará apto a registrar as suas operações e obter toda a documentação necessária Para aprovar o seuu pagamento de importação.

LI - Licença de Importação

Fatura Comercial

DI - Declaração de Importação

CE - Conhecimento de Embarque Marítimo

CI - Comprovante de Importação

ROF - Registro de Operações Financeiras

 
  • Licença de Importação (LI): De acordo com as normas vigentes, nem todos os produtos a serem importados estão obrigados a obtenção de Licença de importação. Quando há necessidade de obtenção da licença, em muitos casos ela é fornecida automaticamente no momento do registro no SISCOMEX, entretanto também temos produtos cuja aprovação é não automática, obrigando o importador a apresentar documentos e informações adicionais.

  • Fatura Comercial: representa a operação comercial e deve conter todas as informações iniciais que foram declaradas na fatura pró-forma, somadas as demais informações e comprovações da realização da importação. A Fatura comercial é sempre emitida pelo exportador e não precisa seguir um modelo internacional. O texto deve ser, preferencialmente em inglês ,motivo pelo qual também é conhecida como Commercial Invoice, ou no idioma do país importador, não estando sujeita ao controle fiscal.

  • Declaração de Importação (DI): contém todas as informações relacionadas ao processo de importação e serve como base para o desembaraço aduaneiro de importação. Um dos principais propósitos da Declaração de Importação é servir como indício dos valores pagos no desembaraço aduaneiro, atestar o recolhimento dos impostos de importação e a efetivação da importação para vincular ao câmbio. Esse documento é exigido em todo tipo de importação formal e deve ser providenciado pelo importador.

  • Conhecimento de Embarque (CE): É considerado um dos documentos mais importantes do comércio exterior e da navegação internacional, o conhecimento de embarque marítimo ou Bill of Lading (BL) é emitido pelo Armador do navio. O BL comprova o recebimento da carga na origem, define os termos da contratação da operação do transporte internacional, obrigação de entregá-la no destino estipulado. Adicionalmente, o Conhecimento de Embarque Marítimo constitui prova de posse e propriedade da mercadoria.

  • Comprovante de Importação (CI): Uma vez realizado o registro do desembaraço da mercadoria importada, ficará disponível a emissão do Comprovante de Importação por meio do sistema SISCOMEX (Sistema Integrado de Comércio Exterior). Somente com o Comprovante de Importação é possível retirar a mercadoria do recinto alfandegado.

  • Registro de operação financeira (ROF): Todas as operações de importação financiadas estão sujeitas a registro junto ao Banco Central do Brasil. Esse registro é realizado de maneira eletrônica e pode ser realizado pelo próprio importador, por uma empresa autorizada pelo importador ou pela instituição financeira de seu relacionamento. 

 

Pagamento Antecipado

Os pagamentos classificados como pagamento antecipado são todos aqueles que ocorrerem antes do efetivo embarque da carga.

Pagamento
à vista de
importação

Os pagamentos de importação à vista são todos aqueles que ocorrerem depois do embarque da carga, mas antes do recebimento. Ou seja, quando a sua carga estiver em trânsito para o destino e você realizar o pagamento, você pagou à vista!

Pagamento
à prazo de
importação

Os pagamentos de importação à prazo são todos aqueles que ocorrerem depois do recebimento da mercadoria. Ou seja, quando a sua carga chega antes de realizar o pagamento, o exportador está financiando a sua importação.

Custos de um câmbio de importação

É preciso estar atento à forma de comunicação utilizada por algumas empresas que atuam no segmento de câmbio de importação. Cuidado com a frase "Nós não cobramos taxa por fechamento de câmbio".

Custo de emissão

de contrato

ou

Taxa por operação

Coins

Tarifa fixa que pode ser cobrada por bancos e corretoras a cada fechamento de câmbio realizado.
Em geral estas taxas variam entre 20 e 40 dólares americanos, mas em muitos casos é isenta com o objetivo de desviar a atenção do spread financeiro.

Spread Cambial
(geralmente não é mencionado

no ato da venda)

Money

Tarifa percentual cobrada sobre a cotação do dólar comercial no momento da realização de seu fechamento de câmbio.
Como o percentual é cobrado sobre o valor total da transação, geralmente é o principal componente de custo.

Contrato de câmbio de importação
e comprovante SWIFT

Contrato de câmbio importação

O contrato de câmbio de importação é o documento que formaliza a operação de fechamento de câmbio de importação entre a empresa importadora e a instituição financeira responsável por operacionalizar e registrar a operação de câmbio no SISCAM (Sistema de Câmbio) do Banco Central do Brasil. No contrato de câmbio você encontra o VET, que demonstra quanto você está pagando por cada dólar já com impostos e taxas incluidos.

Comprovante SWIFT

O sistema SWIFT, criado pela Sociedade de Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais, fundada em 1973 por 239 bancos de 15 países permite e padroniza as transações financeiras internacionais. Este comprovante é a prova do envio dos recursos para o exterior, contém todos os dados do pagador e do recebedor e pode auxiliar na identificação dos recursos por parte do banco recebedor.

 
 

Entre em contato

Rua Conego eugenio leite - 920
sala Meu Câmbio

11 3588 8009

Obrigado pelo envio!